Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Home Android OS

Smartphones com Android superam e muito vendas de iPhone em 2017

27 de julho de 2018 797 0
Smartphones com Android superam e muito vendas de iPhone em 2017

O Android da Google demonstra cada dia mais ser o sistema dominante no mercado de dispositivos móveis. A maioria dos usuários já sabe que o robozinho verde já é o sistema operacional mais usado no mundo, superando até mesmo o Windows da Microsoft, mas o que muita gente não sabe é que mesmo a Apple sendo dona do smartphone mais vendido do mundo, que é o iPhone, o domínio é do Android e a quantidade geral de smartphones vendidos com o software open source da Google supera e muito a venda total de iPhones da Apple.

De acordo com o Gartner, o Android dominou o mercado de smartphones com uma participação de 85,9% no ano passado, para cerca de 14% no iOS da Apple.

Cerca de 1,3 bilhão de smartphones Android foram vendidos no ano passado, em comparação com aproximadamente 215 milhões rodando em iOS e 1,5 milhão com outros sistemas operacionais, como Tizer, Windows 10 Mobile, Sailfish, entre outros, isso de acordo com a empresa de pesquisa.

Quem imaginava que isso um dia aconteceria, pois, na época do seu lançamento, em 2008, o Windows Mobile da Microsoft e o Symbian ainda dominavam o mercado de telefones inteligentes, que ainda eram poucos. Além disso, o iOS da Apple já começava a gerar lucros e atraia a atenção de desenvolvedores e usuários por oferecer algo totalmente novo e uma loja de qualidade. O problema é que o iPhone era caro, o Windows Mobile estava ultrapassado e o Symbian parado no tempo, então, não teve jeito… o modelo gratuito de distribuição do software da Google ajudou bastante na adoção do S.O. por suas várias OEM, sua uma loja completa tal como a do iOS também deu aquele impulso e uma rápida evolução do sistema com base no feed back dos usuário culminou numa enorme popularização do sistema.

Resultado de imagem para android 1.0

Eis um dos primeiros aparelhos com Android e uma de suas primeiras versões

O fato dele ser open source ajudou bastante no seu crescimento, tendo em vista que fabricantes podiam modificar praticamente todo o sistema e oferecer seus próprios diferenciais, coisa que nunca foi permitido no iOS ou mesmo no Windows Mobile. O único “porém” é que as OEM precisam instalar a suíte de apps Google e a Play Store para que o Android de fato “viva”.

Resultado de imagem para play store

Inclusive é esse tipo de acordo que tem incomodado a União Europeia. Como hoje, o Android tem uma posição dominante nesse mercado, a UE não vê com bons olhos essa “exigência” da Google das OEM terem que instalar seus serviços e sua loja para usar sua versão sistema, tanto que multou a empresa em mais de 5 Bilhões de dólares e ainda determinou que tal prática seja abolida. Claro que a Google recorreu da decisão, até porque se isso mudar, o próprio modelo de distribuição do Android pode ter que mudar. As fabricantes até podem pegar o código fonte do sistema e criar sua própria versão, no entanto, não faria muito sentido começar uma loja nova do zero. Agora, se quiser usar a Play Store, tem que instala a suíte de Apps Google, não tem jeito.

Resultado de imagem para Android King

O fato é que se você tem um smartphone com o robozinho verde, você faz parte da maioria esmagadora de usuários que preferem as soluções do Android as do iOS da Apple ou a qualquer outro, mesmo sabendo que as opções são pouquíssimas. E mesmo gostando do sistema, é preciso concordar que a falta de concorrência não é uma coisa boa, já que é fácil perceber que o iOS não é concorrente do Android. O sistema da Apple é algo para um determinado nicho de usuários. Fora de caixinha iOS/Android, não há mais nada que ameace o poderia Androidiano. O Windows Phone da Microsoft conseguiu arranhar a carapaça do Android, no entanto, não entendemos o porquê ainda, mas Microsoft desistiu dessa versão do seu sistema.

Concorrência é sempre bom para o consumidor, então, esperamos que a Google não se aproveite desse quase monopólio para se aproveitar dos seus clientes.

Aproveite e deixe nos comentários o modelo e a versão do Android que você utiliza hoje 😉

Fonte: gadgetsnow

Compartilhe:

Comentários: