Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Home Notícias

Guia para os processadores Exynos da Samsung

30 de julho de 2018 983 0
Guia para os processadores Exynos da Samsung

Recentemente, você conferiu com a gente um comparativo super completo sobre os processadores da Qualcomm e da MediaTek e hoje, você vai conferir informações bem interessantes sobre os chipsets da Samsung, os Exynos, que também equipam diversos modelos da marca que são vendidos no Brasil.

Assim como a MediaTek e a Qualcomm, a Samsung também possui várias linhas de processadores de vão desde os modelos mais básicos aos top de linha, cada uma voltada para uma categoria de produto e um nicho de mercado.

A série Samsung Exynos 5…

Imagem relacionada

Essa é a linha mais básica dos chipsets da coreana. Ela equipa modelos mais simples, os chamados modelos de entrada, que são mais barato.

Resultado de imagem para samsung galaxy J3 2017

Samsung Galaxy J3 2017

Nessa linha é possível encontrar modelos Octa-Core e até mesmo processadores quad-core Cortex-A53, GPU Mali-G72, memória LPDDR3, Modem 4G e suporte a telas de apenas 720p. Eles são construído com a tecnologia de 14 nm, que mesmo sendo um processo moderno, já começou a ficar para trás com o surgimento da tecnologia de 10nm. Os aparelhos equipados com essa linha de chips da Samsung incluem o Galaxy A3 e J3 de 2017. 

O mais recente deles é o Exynos 7872

A tabela acima trás um pequeno comparativo entre os modelos da serie 5 dos Samsung Exynos contra o modelo de entrada mais popular da Qualcomm, o Snapdragon 450. É inegável a enorme semelhança entre alguns modelos e isso se reflete no dia a dia do consumidor.

A série Samsung Exynos 7…

Resultado de imagem para Samsung Exynos 7

Considerada como sendo a serie intermediária dos chipsets da Samsung, eles são igualmente direcionados para smartphones intermediários.

Resultado de imagem para samsung galaxy A8 2018

Um dos mais famosos dessa linha é o Exynos 7885, que alimentou os modelos da linha Samsung Galaxy A este ano. É um chip muito poderoso, que ostenta uma combinação de alta performance big.LITTLE Cortex-A73 e A55.

Praticamente todos são Octa-Core com núcleos que podem atingir até 2,3 Ghz de clock, que é o caso do novíssimo 9610, que mesmo tendo essa numeração “estranha”, faz parte da serie Exynos 7. Ele ainda não equipou nenhum modelo este ano, mas deve chegar em breve. 

A serie Exynos 7 é concorrente das serie Snapdragon 600 e 700 da Qualcomm, tal como mostra a tabela acima quando vemos uma comparação com entre os chipsets da Samsung com o mais recente modelo da Qualcomm da serie 600, que é o Snapdragon 660. Mais uma vez vemos enormes semelhanças entre os processadores.

A série Samsung Exynos 9…

Resultado de imagem para Samsung Exynos 9

Voltados para os flagships da marca, são esses chipsets que a Samsung usa para alimentar seus tops de linha, como o Samsung Galaxy S8 por exemplo. Um detalhe interessante é que os Exynos da Samsung equipam seus top de linha no mercado global, porém, dentro do mercado americano eles o vendem com um Chipset da Qualcomm.

Como você esperaria de uma série emblemática, a serie Exynos 9 inclui é o grande chamariz da coreana no mercado de processadores. Esses chips são construídos nos processos de fabricação de 10nm de segunda geração. A Samsung também oferece seus modems 4G LTE mais rápidos, alta resolução e suporte a duas câmeras, RAM LPDDR4X e compatibilidade de memória UFS, além da habitual variedade de opções de conectividade Bluetooth e Wi-Fi.

Não há hardware de AI dedicado, embora a Samsung suporte a aceleração de aprendizado de máquina em seus chips de ponta. Ele usa uma Unidade de Processamento de Visão (VPU) para detecção de objetos, assim como otimizações matemáticas de GPU. Essa seria a única contrapartida que deixaria os chipset da Qualcomm da linha Snapdragon 845 um pouco mais a frente. 

Resultado de imagem para Samsung Exynos 9

Outro detalhe interessante é que a Samsung é a única fabricante de chips Android que ainda trabalha em um design de CPU totalmente personalizado para seus principais produtos, conhecidos como Mongoose ou M-Core. O Exynos 9810 apresenta a terceira geração deste design.

O Mongoose da Samsung possui um design de throughput mais amplo do que os núcleos Cortex da ARM e vem emparelhado com muito mais cache do que outros chips no ecossistema Android. Essa é uma abordagem semelhante ao design de CPU personalizado da Apple. 

Um dos modelos mais novos da Samsung, o Galaxy S8, usa um Exynos 8895, enquanto que o novíssimo Exynos 9810 equipe o Galaxy Note 9.

Olhando ainda para a tabela, é possível perceber que os chipsets da Samsung não ficam para trás do poderoso Snapdragon 845. Tudo é muito semelhante.

Agora, quando e se você for comprar um aparelho da Samsung, volte aqui e confira quais são os modelos mais modernos e qual a equivalência com os processadores da Qualcomm, que são mais populares no mercado de telefones com Android.

Fonte: androidauthority

Compartilhe:

Comentários: